Rádio Nova 102.5 FM

Rádio Online

Angola e Moçambique às portas do apuramento

Com as selecções de Cabo Verde e de Guiné-Bissau já qualificadas para o Campeonato Africano das Nações (CAN/2023) a ter lugar, próximo ano, na Côte d’Ivoire, Angola e Moçambique estão às portas do apuramento para a fase final da prova continental.

Na última jornada, a disputar-se a 4 de Setembro, os Palancas Negras defrontam o Madagáscar, no Estádio Nacional da Tundavala, província da Huíla, em jogo do Grupo E.

Já os Mambas enfrentam o Benin, no Estádio Nacional do Zimpeto, em Maputo, relativo ao Grupo L.

Para garantir presença no CAN, Angola é obrigada a ganhar ao Madagáscar, enquanto Moçambique só precisa de um empate diante do Benin para confirmar presença na maior montra do futebol africano.

Contactado via WhatsApp pelo Jornal de Angola, Chiquinho Conde, seleccionador moçambicano de futebol, garantiu que Palancas Negras e Mambas vão, seguramente, apurar-se para o CAN.”Quer Angola, quer Moçambique disputam o jogo da última jornada em casa. Como anfitriões, estou convicto de que ambas irão vencer os respectivos desafios. Tenho a plena certeza de que os países de expressão portuguesa estarão representados com quatro selecções”, vaticinou o treinador.

Na penúltima jornada do torneio, Angola e Moçambique conseguiram triunfos importantes fora de casa. Os Palancas Negras venceram as Feras do Baixo Ubangui (RCA), por 2-1, em Douala. Os Mambas, por sua vez, ganharam as Vespas do Rwanda, por 2-0.

O treinador moçambicano aproveitou a ocasião, para felicitar a Selecção angolana pelo feito conseguido, nos Camarões.”Aos meus irmãos angolanos desejo as maiores felicidades. Estamos juntos nesta empreitada. Aproveito, igualmente, para endereçar as minhas felicitações a Cabo Verde e a Guiné-Bissau pela qualificação antecipada para o CAN”.

À saída da quinta jornada, o Ghana lidera o Grupo E com nove pontos, seguido de Angola com oito. República Centro-Africana (sete) e Madagáscar (dois) ocupam as posições seguintes da competição.

No Grupo L, o Senegal é o líder com 13 pontos, seguido de Moçambique, com sete. Benin e Rwanda somam três pontos cada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *