Rádio Nova 102.5 FM

Rádio Online

Angola quer mais mulheres na mediação de conflitos internacionais

A secretária de Estado para a Acção Social, Elsa Barber, destacou, esta quinta-feira, a necessidade do  empoderamento das mulheres com habilidades em áreas técnicas, para missões de mediação de conflitos, paz e segurança.

Elsa Barber falava à margem da reunião do Comité de Ministros Responsáveis pelos Assuntos de Género e da Mulher da Comunidade de Desenvolvimento da África  Austral (SADC), onde ainda acrescentou que é necessário a aceleração dos eixos do Protocolo de Maputo e de outros tratados internacionais, ligados à promoção e empoderamento da mulher.

Foi informado também que está em curso programas para o desenvolvimento de habilidades em mecânica, indústria marítima, bem como complementares para a redução de casos de violência.

MAIS: OMA enaltece empenho do executivo na promoção de políticas a favor da Mulher

A decorrer de forma virtual, a reunião de dois dias tem na sua agenda debates sobre o “Protocolo da SADC,   Género e desenvolvimento, Integração da perspectiva na SADC”, “Mulher na política e em cargos de tomada de decisão e progresso rumo a paridade de género no secretariado da SADC”.

Os ministros vão  ainda, entre outros assuntos,   abordar  questões sobre o “Mulher, paz e segurança”, “o protocolo da SADC sobre género e desenvolvimento, directrizes regionais para a formulação de planos de acção nacionais sobre género, integração na perspectiva de género, mulher na política e em cargos de tomada de decisão e progresso rumo à paridade de género no secretariado da SADC, assim como a implementação da estratégia e quadro de acção regional da SADC de combate à violência baseada no género (2018/2030) e monitoramento de Género e Desenvolvimento da SADC para 2022”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.