Rádio Nova 102.5 FM

Rádio Online

Angola termina disputa do Mundial de futsal sem vitórias

A Selecção Nacional terminou, ontem, a participação no Mundial de futsal da Lituânia, com derrota, por 1-4, diante da Espanha, no Arena Svyturys, em Klaipeda, em desafio a contar para a terceira e última jornada do Grupo E.

Os pupilos do seleccionador Rui Sampaio quedaram-se na última posição da série e regressam à casa sem qualquer ponto na bagagem. A trajectória dos angolanos começou com o Japão, com quem perdeu, por 8-4, seguiu-se o desaire com o Paraguai (4-1) antes de encerrar com os espanhóis.

Os angolanos marcaram seis tentos e sofreram 16. Guga foi o melhor marcador do “cinco” nacional com três golos. No último desafio, a pretensão do técnico era fazer uma exibição convincente.

Depois de sofrer o primeiro golo, os jogadores da Selecção Nacional optaram por fazer marcação a partir do meio campo do adversário com o intuito de reduzir o espaço de manobra dos bicampeões do mundo, mas a qualidade técnica e individual dos jogadores da formação europeia fez a diferença para continuar a criar dificuldades ao último reduto dos angolanos.

MAIS: Mundial do Qatar 2021 mais distante da Selecção Nacional de futebol

Angola criava perigo mas faltava profundidade no ataque, sobretudo no momento da finalização. Quando restavam menos de dois minutos para o fim da primeira parte, Guga recebeu um passe de Mano Sele, tendo rematado forte à entrada da área e  restabelecido a igualdade a uma bola.

Quando tudo indicava para uma igualdade nos primeiros 20 minutos referentes à primeira parte, veio ao de cima a experiência da Espanha, que por intermédio de Ortiz aproveitou uma desatenção na defesa angolana para aumentar a vantagem para 2-1.

No reatamento, a equipa de José López voltou a facturar por duas ocasiões. Apesar das constantes alterações efectuadas por Rui Sampaio, a equipa foi incapaz de dar a resposta esperada para reduzir o desequilíbrio patenteado e consentiu a terceira derrota consecutiva.

A entrada em campo do guarda-redes angolano Manasse, há cinco minutos do fim, permitiu registar a utilização de todos os jogadores convocados. O mo-mento mereceu a ovação de todos os jogadores no banco de suplentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.