Rádio Nova 102.5 FM

Rádio Online

Apresentado suspeito de assalto a um camião com farinha de trigo

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) apresentou, ontem, no município de Cacuaco, em Luanda, um dos principais suspeitos do assalto a um camião contentorizado de 20 pés, contendo farinha de trigo, ocorrido no dia 30 de Setembro último, na avenida Fidel Castro (Via Expressa).

O porta-voz do SIC, Manuel Halaiwa, explicou que os factos ocorreram quando o camião com farinha de trigo saía do Porto de Luanda, com destino ao Morro Bento, fazendo o trajecto Porto/Cacuaco/Via Expressa, foi assaltado com recurso a arma de fogo, por dois homens disfarçados de passageiros.

De acordo com o oficial do SIC, o grupo era composto por cinco elementos. Dois pediram boleia ao motorista, no Porto de Luanda, e anunciaram o assalto no percurso, enquanto os outros três acompanhavam de perto o camião, numa viatura de apoio.

Imobilizaram o condutor e transferiram-no para a viatura de apoio, tendo sido abandonado momentos depois na Via Expressa”, explicou o oficial.

MAIS: Homem é baleado em assalto na Rua Rei Katyavala

Manuel Halaiwa adiantou que o SIC recebeu uma denúncia de populares, dando conta de que um camião contentorizado, que continha farinha de trigo, estava a ser desovado numa das áreas em Cacuaco, tendo, em seguida, feito deslocar uma equipa de efectivos que constataram o facto no local.

Quando se aperceberam da presença dos efectivos do SIC, os bandidos puseram-se em fuga, mas conseguimos identificar os autores do crime e determinar alguns dos beneficiários da mercadoria, que confessaram que seria vendida posteriormente nos mercados e estabelecimentos comerciais da capital”, disse o porta-voz do SIC.

Entretanto, em posse do referido suspeito, foram encontradas e apreendidas duas pistolas e uma viatura Hyundai, modelo Accent, roubada a um capitão das FAA, a quem foi subtraída, também, uma pistola na periferia do Zango, quando este circulava, no dia 14 do mês passado. Documentos de diversas viaturas foram encontrados na posse do cidadão.

Ainda ontem, no mesmo acto, foi apresentado um outro cidadão, detido pelo crime de uso e abuso de cartão multicaixa, por ter defraudado dois milhões de kwanzas na conta de um amigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.