Rádio Nova 102.5 FM

Rádio Online

Banco Mundial vaiu doar USD 250 milhões ao Programa de Aprendizagem para Todos (PAT II)

O Banco Mundial vai apoiar o Programa de Aprendizagem para Todos (PAT II) com 250 milhões de dólares, num período de cinco anos, informação dada pelo secretário de Estado para o Ensino Secundário, Gildo Matias, no final de um encontro com o director-adjunto do Banco Mundial, Armando Manuel, no dia de ontem(10/8), em Luanda,  onde também foi redefinida a estratégia de implementação do PAT II e abordados outros projectos existentes entre as duas instituições.

Gildo Matias ainda referiu que o encontro serviu, também, para analisar as perspectivas dos projectos de médio e longo prazos que o sector da Educação tem em parceria com o Banco Mundial, e que o PAT II surge numa linha de continuidade, sobretudo nos programas para formação de professores, empoderamento das mulheres e raparigas, contemplando bolsas de estudo. O Secretário acrescentou também que o PAT II inclui, ainda, uma componente estratégia na recuperação de infra-estruturas escolares e na construção de escolas, dando, também, apoio para que professores possam estar preparados para o ensino à distância.

Pretendemos dar também atenção especial ao ensino profissional, expansão da rede do ensino pré-escolar e capacitação de professores”, disse o secretário de Estado para o Ensino Secundário.

MAIS: Empresas Privadas aconselhadas a terem um papel social no apoio a educação nacional

De informar que o Projecto de Aprendizagem para Todos, desenvolvido pelo Ministério da Educação com apoio financeiro do Banco Mundial, visa melhorar os conhecimentos e as competências dos professores, a gestão das escolas e desenvolver um sistema de avaliação dos alunos.

O PAT foi aprovado pelo Conselho de Administração do Banco Mundial a 26 de Setembro de 2013 e tornou-se efectivo em 2014. O projecto foi inicialmente estimado em 80 milhões de dólares, sendo 75 financiados pelo Banco Mundial e cinco pelo Governo de Angola.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.