Rádio Nova 102.5 FM

Rádio Online

Benfica derrotado na Liga dos Campeões pelo Salzburgo

O Benfica arrancou da pior forma a fase de grupos da Champions depois de sofrer uma derrota por 2-0 frente ao Salzburgo, num encontro em ficou a jogar com 10 desde a fase inicial da partida, após expulsão de António Silva.

Arranque do Benfica com o pé esquerdo na fase de grupos da Liga dos Campeões. Os encarnados foram derrotados em casa pelo Salzburgo, um resultado inesperado que certamente não estaria nas contas do técnico Roger Schmidt.

O encontro arrancou atípico, com o Salzburgo a garantir uma grande penalidade logo à passagem do minuto 2, depois de falta de Trubin sobre Pavlovic. No entanto, Kanaté falhou na conversão, atirando por cima da baliza do guardião encarnado. Para o embate contra os áustriacos, Roger Schmidt fez entrar a mesma equipa que defrontou o Vizela no último fim de semana.

Tentou responder o Benfica à passagem do minuto 12´. Boa jogada do conjunto encarnado, com o médio português a atirar ao poste já dentro da área. Na recarga, Musa não conseguiu fazer melhor.

Ao minuto 13´, o Salzburgo voltou a dispor de nova grande penalidade, num lance que acabou por ser decisivo para o desenrolar do encontro. António Silva colocou a mão na bola na área e foi expulso, depois de um corte milagroso de Otamendi.  Na conversão marcou Simic, que enganou completamente o guardião ucraniano do Benfica.

Com menos uma unidade em campo, Schmidt foi obrigado a mexer retirando João Mário e lançando Morato. Mesmo a jogar com menos um, o Benfica tentou ir à procura do empate. Di María, por duas vezes, primeiro num livre, depois num canto direto, colocou Schlager à prova.

Aos 40 minutos, Musa isolado perante o guardião dos austríacos falhou o golo na cara do adversário, no entanto, o lance tinha sido precedido de fora de jogo. Em cima do intervalo, o Salzburgo criou perigo, com Trubin a sair em falso, e com Kokçu a afastar a bola.

Na segunda parte o Benfica arrancou a partida em todo o gás. Schlager foi novamente chamado a intervir, depois de um remate forte de Musa. Na recarga, Kokcu rematou por cima. Mas quem acabou por marcar foi o Salzburgo: Passe errado de Morato, Simic apareceu sozinho, endossou a bola em Gloukh que fez o 2-0.

A tarefa ficava muito complicada para as águias. Pouco depois o Salzburgo voltou a ter à disposição uma nova boa ocasião, com o guardião dos encanados a levar a melhor depois de um pontapé de Konaté.

Do lado do Benfica, Musa era um dos incansáveis e voltou a dispor de uma boa oportunidade, mas atirou fraco para a defesa de Schlager.

Schmidt ainda tentou mexer com o jogo com as entradas de David Neres e Chiquinho, mas o resultado já não sofreu alterações.

O Benfica inicia a fase de grupos com uma derrota perante 60.900 espectadores na Luz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *