Rádio Nova 102.5 FM

Rádio Online

Carlinhos e Paty regressam aos convocados dos Palancas

O regresso dos médios Carlinhos, do Sagrada Esperança, e Paty, do Interclube, bem como as estreias do guarda-redes Augusto, Petro de Luanda, e do defesa Bito, 1º de Agosto, são os destaques da convocatória da Selecção Nacional de futebol de honras, divulgada, ontem, por Pedro Gonçalves, tendo em vista o desafio com o Gabão.

O encontro está agendado para o dia 8, às 17h00, no Estádio 11 de Novembro, e é referente à terceira jornada da eliminatória de acesso ao Mundial de 2022, no Qatar.

Da lista de convocados, realce, ainda, para as ausências de Diógenes, João Batxi, Nelson da Luz, Bastos, Núrio Fortuna, Vá e Fábio Abreu.

MAIS: Angola termina disputa do Mundial de futsal sem vitórias

Instado a justificar as constantes alterações na estrutura dos Palancas Negras, o seleccionador nacional confessou haver “limitações no orçamento da Federação”, factor que inviabiliza a materialização dos programas da selecção.

A verdade é que as nossas limitações orçamentais nos limitam de forma tremenda e, obviamente, não tenho como dizer o contrário. Esta situação dificulta-nos e aumenta o caminho que temos de percorrer. Mas é a nossa realidade e temos de aceitar conviver com ela. O que pretendemos é ter uma equipa que honre Angola“, esclareceu, Pedro Gonçalves, para em seguida admitir que esperava poder dispor de condições para reunir um conjunto “mais competitivo”.

Foram convocados 29 jogadores, Neblu, Kadu, Augusto e Hugo Marques (guarda-redes), Bito, Anderson Lucoqui, Tó Carneiro, Jonathan Buatu, Eddie Afonso, Inácio Santos, Kialonga Gaspar, Jó Vidal, Clinton da Mata e Vidinho (defesas), Fredy, Paty, Carlinhos, César Sousa, Herenilson, Show, Mário Balbúrdia e Estrela (médios), Zine, Hélder Costa, Jerémie Bela, Mbala Zola, Ary Papel, Zito Luvumbo e Lépua (avançados).

A selecção concentra-se domingo à noite, dia 3, e dá início aos trabalhos na segunda-feira, dia 4, no Estádio Nacional 11 de Novembro, altura em que são aguardados os jogadores que evoluem no exterior do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.