Rádio Nova 102.5 FM

Rádio Online

Cidadão é morto por colegas de cela na província de Luanda

Eduardo Álvaro Florindo, mais conhecido por Yamalé, solteiro, de 29 anos, foi agredido, sexta-feira, até à morte, por sete elementos, numa das celas da Esquadra de Polícia da Vila Azul, município de Viana, em Luanda.

Um comunicado do Departamento de Investigação Criminal de Viana dá conta que o crime ocorreu por volta das 5H00 e que os autores estavam detidos na mesma cela com a vítima.

Segundo o comunicado, o cadáver apresentava sinais de escoriações e hematomas, bem como corrimento de sangue nas fossas nasais e na boca.

O documento realça que das investigações e dos interrogatórios apurou-se que a vítima foi detida no passado dia 15, por estar implicada na prática de um crime de roubo qualificado.

MAIS: Jovem assassina e enterra esposa na provincia do Huambo

Foi apurado que, durante a sua estadia na cela, a vítima delirava e deambulava, pisoteando os demais detidos, que sentiram-se importunados, motivo pelo qual foi levada sob coação ao quarto de banho, por orientações expressas do chefe da cela, Roger Maurício da Costa Ramos, onde foi violentamente agredida.

Cumpridas com todas as formalidades legais de inspecção ao cadáver, acrescenta o comunicado, procedeu-se a remoção para a morgue do Hospital Josina Machel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.