Rádio Nova 102.5 FM

Rádio Online

Contributo de Óscar Ribas à cultura nacional lembrado em jornadas comemorativas

Os feitos e o contributo do etnólogo e ensaísta Óscar Ribas para a valorização da tradição oral angolana são recordados a partir de hoje, às 15h00, na Casa Museu do escritor, no bairro do Cruzeiro, em Luanda, com a abertura da mostra fotográfica, documental e audiovisual “A caixa preta de Óscar Ribas”.

Para tal, um conjunto de actividades culturais e científicas estão programadas, até ao próximo dia 28, entre a Casa Museu Óscar Ribas, Biblioteca Nacional e a Mediateca de Luanda. A primeira actividade é a inauguração, às 16h00, da exposição, na galeria Missosso, na Casa Museu Óscar Ribas, onde fica patente até 17 de Novembro.

Na quinta-feira está programada, das 9h00 às 17h00, a abertura da Feira do Livro, Arte e Performance, patente ao público até o dia 26, na Casa Museu.

No mesmo dia e local, está ainda reservado, às 10h00, a venda e sessão de autógrafo do livro “Os nomes Gentílicos de Angola”, da autoria do professor António Januário.

MAIS: Palácio de Ferro recebe seminário do estilo Kuduro

No dia seguinte, as jornadas comemorativas de mais um aniversário natalício de Óscar Ribas têm como destaque a abertura, das 9h00 às 17h00, do projecto “Biblioteca ao Ar Livre” (BAAL), numa edição especial, e a venda e sessão de autógrafo do livro “Desamores de Luanda”, do docente Hélder Caculo.

No sábado, último dia de actividade, a organização realiza, das 9h00 às 12h00, o programa radiofónico “Menha Ndungo” e depois faz uma deposição de flores no túmulo do escritor Óscar Ribas, no cemitério do Alto das Cruzes, em Luanda.

A primeira edição da jornada “Expo-Ribas” é o resultado de uma parceria entre o Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente, a Casa Museu, Universidade Óscar Ribas, Biblioteca Nacional, Instituto Nacional das Indústrias Culturais e Criativas (INICC) e a Mediateca de Luanda, com o intuito de celebrar mais um aniversário do escritor (112 anos caso estivesse vivo) e divulgar os feitos às próximas gerações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.