Rádio Nova 102.5 FM

Rádio Online

Deputados votam Orçamento Geral do Estado daqui a uma semana

A proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2023 vai a discussão e votação na generalidade na Assembleia Nacional (parlamento) no dia 13 de janeiro, próxima sexta-feira, anunciou fonte parlamentar.

O OGE2023, que estima receitas e fixa despesas de 20,1 biliões de kwanzas (38,3 mil milhões de euros), será apreciado pelos deputados durante a terceira reunião plenária extraordinária da primeira sessão legislativa da V Legislatura da Assembleia Nacional como ponto único.

A agenda das primeiras reuniões plenárias de 2023 foi aprovada hoje durante a conferência dos presidentes dos grupos parlamentares, orientada pela presidente do parlamento angolano, Carolina Cerqueira.

Para a plenária da próxima sexta-feira foi também aprovada a apresentação de declarações políticas dos líderes parlamentares.

Os projetos de resolução sobre a apreciação dos relatórios de execução do OGE referentes aos Iº e IIº trimestres de 2022 vão à votação na segunda reunião plenária extraordinária da primeira sessão legislativa da V Legislatura da Assembleia Nacional, agendada para 12 de janeiro.

Os deputados discutem igualmente neste dia um projeto de resolução que aprova a substituição de um juiz conselheiro do Tribunal Constitucional, designado pela Assembleia Nacional.

A deputada Rosa Branco, quarta secretária de mesa da Assembleia Nacional, deu conta, no final da conferência, que o parlamento angolano vai realizar no dia 11 de janeiro uma sessão solene por ocasião da visita a Angola do Presidente da Zâmbia, Hakainde Hichilema.

O Presidente angolano aprovou uma dívida adicional de 2,6 biliões de kwanzas (4,8 mil milhões de euros) até à entrada em vigor do Orçamento do Estado de 2023, para fazer face às necessidades de financiamento de projetos já orçamentados.

João Lourenço, no decreto presidencial n.º 296/22 de 30 de dezembro, a que a Lusa teve acesso esta semana, refere que enquanto o Orçamento Geral do Estado de 2023 não for aprovado pela Assembleia Nacional, a ministra das Finanças é autorizada a emitir título de dívida pública, na modalidade de Obrigações de Tesouro (OT), no valor de 2,6 biliões de kwanzas.

A proposta do OGE2023, elaborada ao preço médio do barril de petróleo de 75 dólares (70 euros), foi entregue ao parlamento angolano em 09 de dezembro de 2022 a vai a discussão e votação na generalidade no dia 13 deste mês.

O ministro de Estado para a Coordenação Económica de Angola, Manuel Nunes Júnior, que fez a entrega do documento disse, na ocasião, que o OGE2023 tem um excedente de 0,9% e que a taxa de crescimento prevista será maior que a taxa de crescimento da população.

A proposta do OGE2023 vai cumprir fundamentalmente dois objetivos, nomeadamente a “continuação do crescimento económico do país e o prosseguimento de uma gestão orçamental prudente”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.