Rádio Nova 102.5 FM

Rádio Online

Fundo Monetário vai aumentar 45% no financiamento aos países do PALOP

O Fundo Monetário Internacional (FMI) anunciou que vai aumentar em 45% o limite de financiamento aos países de baixo rendimento, que inclui os países dos PALOP, na qual Angola faz parte.

A informação foi divulgada nesta quinta-feira (22), na qual o mesmo comunicado ainda adiantou que “O ponto central das reformas políticas aprovadas pelo conselho de administração do FMI é um aumento de 45% nos limites normais de acesso a financiamento concessional, juntamente com a eliminação dos limites absolutos de acesso pelos países mais pobres” lê-se no mesmo.

MAIS: União Europeia vai doar 200 milhões de vacinas para os países mais pobres

As reformas anunciadas no comunicado têm como objectivo “garantir que o Fundo pode, de forma flexível, apoiar as necessidades de financiamento dos 69 países de baixo rendimento (LIC) durante a pandemia e a recuperação, ao mesmo tempo que continua a fornecer empréstimos concessionais com taxas de juro zero“, continua a informação  divulgada.

De ressaltar ainda que foi aprovada também uma estratégia de financiamento a dois tempos, para cobrir o custo destes empréstimos concessionais, cujos limites foram agora aumentados, por um lado, e para garantir a sustentabilidade do Fundo de Redução da Pobreza e Crescimento (PRGT, na sigla em inglês).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.