Rádio Nova 102.5 FM

Rádio Online

Governo vai criar estratégia para combater transporte ilegal de combustivel

O ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, Diamantino Azevedo, defendeu esta quinta-feira, em Luanda, a necessidade de elaboração de uma estratégia conjunta de combate ao contrabando de combustível e acções de fiscalização entre Angola e a República Democrática do Congo (RDC).

Falando num encontro de trabalho com o ministro de hidrocarbonetos da RDC, Didier Budimbo Ntubuanga, sublinhou que a elaboração da estratégia poderá fortalecer, cada vez mais, a cooperação entre os dois países.

Por outro lado, Diamantino Azevedo referiu que o Governo de Angola continua interessado em avançar com o Projecto Zona de Interesse Comum (ZIC), tendo realçado a urgência de avançar com o referido projecto, face aos desafios da transição energética e as oportunidades que poderá gerar para ambos os países.

Ressaltou a importância da criação da Comissão Técnica Conjunta e a necessidade de se criar um cronograma de trabalho com acções e prazos bem definidos.

MAIS: Uíge regista escassez de combustível

Por seu turno, o ministro dos Hidrocarbonetos da RDC, Didier Budimbo Ntubuanga, considera de extrema importância a parceria com Angola, tendo em conta a experiência que tem na área dos hidrocarbonetos.

Para nós é muito importante esta reunião e esperamos obter bons resultados. A RDC precisa disso, porque temos recursos envolvidos, nomeadamente hidrocarbonetos”, reforçou.

Acrescentou que existem vários produtos acabados que saem de Angola para RDC de forma informal “e devemos formalizar isso para acabar com esse tráfico em benefício dos dois países”.

Em Novembro de 2020, os governos de Angola e da República Democrática do Congo (RDC) decidiram considerar a introdução de um mecanismo conjunto para a comercialização de produtos petrolíferos, associada à Zona de Interesse Comum (ZIC), para travar a fraude e o contrabando de refinados.

MAIS: Governo Nacional pondera aumentar o preços dos combustíveis

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.