Rádio Nova 102.5 FM

Rádio Online

Kero Gika vai encerrar, mas mantém emprego dos funcionários

O grupo Zahara Comércio, proprietário dos hipermercados Kero, anunciou o encerramento da loja Kero Gika, a única de que não é detentor, mas vai preservar os postos de trabalho, assegurou fonte da empresa.

A informação do encerramento do hipermercado, instalado no Centro Comercial Luanda Shopping, a partir de 21 de Agosto, foi divulgada na terça-feira à noite e integra um conjunto de activos construídos com fundos públicos recuperados, em fase de concurso para cessão da sua gestão.

Pelo que foi informado aos jornalistas, a decisão já tinha sido transmitida aos trabalhadores da loja, que foram sendo realocados em função da proximidade da sua área de residência, estando em causa 50 a 70 postos de trabalho.

A rede Kero explicou, num comunicado, que a loja situada no Luanda Shopping não pertencia ao grupo Zahara, sendo explorada no âmbito de um contrato de instalação celebrado com a entidade gestora do centro comercial, que agora terminou.

O estabelecimento era o único das 13 lojas que não integrava o conjunto de activos postos a concurso com vista a encontrar um novo operador para explorar a rede de hipermercados.

MAIS: Reserva estratégica alimentar fará os preços dos produtos da cesta básica, garante ministro

Em Outubro de 2020, a Procuradoria-Geral da República (PGR) anunciou que depois de constituídos arguidos, os generais procederam à entrega ao Estado de vários activos, entre os quais a rede de hipermercados Kero.

O concurso inclui 12 lojas com seis mil metros quadrados de área de venda, em média, das quais oito estão localizadas na província de Luanda e quatro nas províncias de Benguela, Huíla e Huambo.

O concurso para o contrato de cessão do direito de exploração e gestão foi oficialmente aberto no dia 15 de Julho e decorre até 03 de Setembro deste ano, tendo havido já “várias manifestações de interesse”, por parte de operadores da distribuição, segundo a fonte contactada pela Lusa.

Entre os interessados estarão a sul africana Shoprite, a angolana Deskontão e a francesa Carrefour.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.