Rádio Nova 102.5 FM

Rádio Online

Mercados informais abertos todos os dias no novo Decreto Presidencial de Estado de Calamidade
Os mercados informais passam agora a funcionar todos os dias da semana, de acordo com o novo Decreto Presidencial de Estado de Calamidade, apresentado pelo ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida, sexta-feira, 6 de Agosto. ao passo que os ginásios, em espaço fechado, podem estar abertos desde o dia de ontem, 8 de Agosto, mas com 50% da capacidade de lotação.
As novas medidas vão vigorar de 8 de Agosto a 6 de Setembro, e onde Adão de Almeida acrescentou que os casinos e salas de jogos começam a funcionar já este domingo(08/8), com o horário de actividade até às 22 horas, devendo funcionar com um máximo de 50 por cento da capacidade.
Por outro lado, as casas de espetáculos passam agora a funcionar com uma taxa de ocupação de até 75% da capacidade de lotação.
O ministro de Estado fez saber ainda que a partir de 15 de Setembro são reabertas as praias e piscinas de acesso ao público.
Situação Epidemeológica do País nas últimas 24 horas
O país registou 70 novas infecções por COVID-19 nas últimas 24 horas, sendo 17 na província do Cunene, 16 em Luanda, dez no Namibe, nove no Moxico, seis no Zaire, quatro na Huíla, quatro na Lunda Sul, dois em Benguela, um em Malange e um no Bié.
Estes novos infectados, com idades entre seis meses e 96 anos, são 47 do sexo masculino e 43 do sexo feminino, segundo o boletim epidemiológico da Direcção Nacional de Saúde Pública divulgado neste domingo, 8 de Agosto.
No período em referência, as autoridades sanitárias registaram cinco vítimas mortais, duas no Cunene, uma em Benguela, uma na Lunda Sul e outra no Moxico, sendo quatro do sexo masculino e uma do sexo feminino, na faixa etária dos 46 a 97 anos.
Entretanto, 43 pessoas entre os sete e 72 anos ficaram recuperadas da doença, sendo 20 na província do Cunene, 20 no Moxico e três na Huíla.
Os laboratórios de testagem da COVID-19 processaram 962 amostras por RT-PCR. O cumulativo passou para 831.456 amostras processadas e a taxa de positividade para 5.3 por cento.
Nos pontos de entrada e de saída  da província de Luanda foram testados 345 viajantes.
Neste momento, o quadro epidemiológico da pandemia no país regista 43.662 casos confirmados, dos quais 1.041 óbitos, 40.122 recuperados e 2.491 casos activos, sendo 13 em estado crítico, 16 graves, 92 moderados, oito com sintomas leves e 2.391 assintomáticos.
Nos centros de tratamento da COVID-19 estão internados 129 infectados, 217 encontram-se nos centros de quarentena institucional e 806 contactos de casos positivos sob vigilância epidemiológica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.