Rádio Nova 102.5 FM

Rádio Online

NUMEROS DE CASOS DA COVID 19 EM ÁFRICA Casos de covid em África

África registou nas últimas 24 horas mais 475 mortos associadas à covid-19, totalizando agora 116.265 vítimas mortais do novo coronavírus e 4.369.844 infectados, mais 10.209, segundo os dados oficiais da pandemia na região.

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o número total de recuperados nos 55 Estados-membros da organização é de 3.924.455, mais 9.736 nas últimas 24 horas.

 

A África Austral continua a ser região mais afectada, registando 1.932.452 contaminações e 60.909 mortos associados à covid-19. Nesta região, a África do Sul, o país mais atingido pela pandemia no continente, conta com 1.559.960 casos e 53.423 mortos.

 

O Norte de África é a segunda zona, com 1.296.360 infectados e 37.279 vítimas mortais.

 

A África Oriental contabiliza 551.061 infecções e 9.897 mortos, a África Ocidental (445.488 casos e 5.861 mortos), a África Central (144.483 casos e 2.319 óbitos).

 

O Egipto, que é o segundo país africano com mais vítimas mortais, com 12.526 mortos e 212.130 infectados, seguindo-se a Tunísia (9.396 óbitos e 274.604 casos), Marrocos (502.961 casos e 8.915 mortos), Etiópia (3.230 mortos e 232.512 casos) e a Argélia (3.137 mortos e 118.707 contaminações).

 

Em relação aos países de língua oficial portuguesa, Moçambique regista 794 mortos e 68.871 casos, seguindo-se Angola (554 óbitos e 23.697 casos de infecção), Cabo Verde (187 mortos e 19.231 casos), Guiné Equatorial (106 óbitos e 7.219 casos), Guiné-Bissau (66 mortos e 3.680 casos) e São Tomé e Príncipe (35 mortos e 2.268 casos).

 

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egipto, em 14 de Fevereiro de 2020, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infecção, em 28 deste mesmo mês.

 

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.947.319 mortos no mundo, resultantes de mais de 136,5 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

 

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.