Rádio Nova 102.5 FM

Rádio Online

Pandemia já provocou 4,43 milhões de mortes em todo o mundo

A pandemia de Covid-19 provocou pelo menos 4.430.846 mortos em todo o mundo, tendo sido registados 7.724 óbitos a nível mundial nas últimas 24 horas, revelou hoje o balanço da France-Presse (AFP).

Desde que o novo coronavírus (SARS-CoV-2) foi identificado na China em dezembro de 2019, mais de 211.759.090 casos de infeção foram oficialmente diagnosticados em todo o mundo. A grande maioria dos pacientes recupera da doença covid-19, provocada pelo SARS-CoV-2, mas uma parte destas pessoas ainda relata sentir alguns sintomas associados durante semanas ou mesmo até meses, segundo a agência noticiosa francesa.

Nas últimas 24 horas, registaram-se mais 446.969 novos casos da doença em todo o mundo.

MAIS: Sérvia vai doar mais de 50 mil doses da vacina Sputnik V a Angola

Os países que registaram mais mortes nas últimas 24 horas foram a Indonésia com 842 óbitos, a Rússia (776) e o Vietname (737), de acordo com os respetivos balanços nacionais.

Os Estados Unidos da América (EUA) continuam a ser o país mais afetado a nível global, tanto em número de mortos como de casos, com um total de 628.503 mortes entre 37.709.970 casos recenseados, segundo a contagem da universidade norte-americana Johns Hopkins.

Depois dos EUA, a lista dos países mais afetados pela crise pandémica em termos globais é composta por Brasil (574.527 mortos e 20.570.891 casos), Índia (434.756 mortos e 32.449.153 casos), México (253.155 mortos e 3.225.073 casos) e Peru (197.879 mortos e 2.142.153 casos).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.