Rádio Nova 102.5 FM

Rádio Online

Pelo menos dois mortos em tempestade rara que inundou cidade na Sicília

As inundações provocadas pela tempestade rara que atingiu a cidade siciliana de Catânia, mataram pelo menos duas pessoas.

As chuvadas atingiram o sul de Itália pelo terceiro dia, na terça-feira, deixando as estradas completamente submersas em partes da ilha.

Os meteorologistas dizem que o leste da Sicília está a ser atingido por um raro furacão no Mediterrâneo, conhecido como Medicane.

O Departamento de Proteção Civil de Itália emitiu o alerta meteorológico mais severo para zonas da Sicília e da vizinha Calábria, alertando para o potencial perigo para os habitantes e os danos causados pelas chuvas e ventos fortes.

MAIS:  Fortes chuvas causam inundações na Alemanha

Segundo os meios de comunicação italianos, uma das vítimas mortais é um homem de 53 anos que foi encontrado debaixo de um carro depois das chuvas torrenciais terem varrido a cidade de Gravina, ao norte de Catânia. A outra vítima, também do sexo masculino e de 67 anos, foi arrastada pelas enchentes na cidade de Scordia, estando as autoridades ainda a procurar a esposa.

A chuva inundou partes históricas de Catânia, transformando a rua principal, a Via Etnea, num rio e as praças em lagos. Um apagão deixou casas e empresas sem eletricidade, e as escolas foram fechadas na cidade e nas cidades vizinhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.