Rádio Nova 102.5 FM

Rádio Online

PRESIDEENTE DA REPÚBLICA AUTORIZA CONSTRUÇÃO DE TRÊS NOVOS HOSPITAIS DE REFERENCIA. OREDEM DOS ENFERMEIOS DIZ QUE DEVE HAVER ATENÇÃO NA FORMAÇÃO DO HOMEM E NA LUTA DA PREVENÇÃO

O Bastonário da Ordem dos Enferemeiros de Angola, considerou positiva a construção dos três Hospitais em Benguela, Malanje e Lunda Norte, anunciados pelo Presidente João Lourenço.

Entretanto Paulo Luvualu, entende que as necessidades estão mais centradas na periferia, porque As quantias alocadas para a construção deveriam servir para a saúde preventiva.

O Bastonário, argumenta, que neste momento há unidades hospitalares fora das cidades sem condições adequadas para o trabalho dos enfermeiros, daí ser necessário mais aposta na saúde preventiva, para que a maior parte das pessoas não chegue aos hospitais.

Com um rácio de 4 enfermeiros por cada 10 mil habitantes, Paulo Luvualu, afirma que é muito pouco, tendo em conta que a grande maioria dos profissionais de saúde, formados nos últimos anos está sem emprego.

O Presidente da República, João Lourenço, autorizou a construção, apetrechamento e fiscalização das obras de edificação de três hospitais, nas províncias de Benguela, Malanje e Lunda Norte, no valor de 154 milhões de Euros.

No Despacho Presidencial de 4 de Junho, João Lourenço autoriza o contrato para a construção e apetrechamento do hospital geral da Catumbela (província de Benguela), no valor de 50 milhões 575 mil e 970 Euros, com a fiscalização a orçar em 756 mil 742 Euros.

No mesmo documento, é autorizada também a construção e apetrechamento do hospital geral do Dundo, na Lunda Norte, no valor de 50 milhões 575 mil e 970 Euros, estando os serviços de fiscalização da empreitada orçados em 756 mil 742 euros.

Foi ainda autorizada a construção e apetrechamento do hospital geral de Malanje, no valor global de 50 milhões 575 mil 970 Euros, bem como o valor de fiscalização da empreitada orçado em 756 mil 742 Euros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.