Rádio Nova 102.5 FM

Rádio Online

“Senti-me traído”. Cristiano Ronaldo arrasa United e já ‘chovem’ reações

Cristiano Ronaldo está, uma vez mais, nas bocas do mundo. O craque português concedeu uma entrevista a Piers Morgan, na TalkTV, e afirmou sentir-se “traído” pelo Manchester United, ao mesmo tempo em que apontou o dedo a Erik ten Hag, treinador que garante não respeitar. As declarações de Ronaldo deixaram Inglaterra em choque e as reações não se fizeram esperar, ainda que a entrevista integral, com duração de 90 minutos, apenas vá ser emitida na quarta e quinta-feira.

“Não sei se devia dizer isto, mas não importa. As pessoas deviam ouvir a verdade: sim, senti-me traído, e senti que algumas pessoas não me queriam cá, não só esta época, mas também na última“, afirmou Ronaldo, assegurando que não é apenas o treinador Ten Hag quem não o quer no plantel, mas também “duas ou três pessoas no clube”.

O treinador neerlandês não escapou às críticas de Ronaldo, que explica que não existe respeito mútuo entre ambos.

“Não tenho respeito, porque ele não me respeita. Se não me respeitas, nunca te respeitarei”, atirou CR7.

Rangnick e Rooney também visados

Na mesma entrevista, Cristiano Ronaldo não deixou de responder a Wayne Rooney, que o havia criticado na última semana, e também abordou a escolha do Manchester United ao eleger Ralf Rangnick como treinador na última temporada, após a saída de Ole Gunnar Solskjaer.

“Não sei por que razão ele me critica tanto. Talvez porque ele já acabou a carreira dele e eu continuo a jogar a um alto nível“, visou Ronaldo, referindo-se a Rooney e prosseguindo.

“Por exemplo, como é que um clube como o Manchester United teve de demitir Ole [Solskjaer] e depois traz um diretor desportivo, o Ralf Rangnick, é algo que ninguém consegue compreender. Este senhor nem sequer é treinador“, lamentou.

Clube parou no tempo, segundo Ronaldo 

No meio de tantas críticas, Cristiano Ronaldo também não deixou de frisar que as condições de treino do Manchester United são exatamente as mesmas aquando da sua primeira passagem por Old Trafford.

Não vejo evolução no clube desde que saiu Alex Ferguson, a progressão é zero. (…) O ginásio, a piscina… estão parados no tempo, o que me surpreendeu bastante”, apontou.

Chovem reações (e críticas) 

Escusado será dizer que a entrevista de Cristiano Ronaldo virou tema central em Inglaterra e que as reações são mais do que muitas. Jamie Carragher, antigo jogador do Liverpool e um dos maiores críticos de Ronaldo, recorreu, pouco depois, às redes sociais para voltar a dar razão a Erik ten Hag. Mas não foi o único. Também Chris Sutton, antigo avançado inglês acusa Ronaldo de querer ser “maior” do que o Manchester United.

Colegas em choque 

O teor e o timing da entrevista de Cristiano Ronaldo, poucas horas após a vitória do Manchester United no reduto do Fulham, de Marco Silva, apanhou o clube de surpresa. Erik ten Hag e os companheiros de equipa não esconderam o choque e ficaram “extremamente desiludidos”, segundo revela a Sky Sports.

Esperado na Cidade do Futebol 

Cristiano Ronaldo é esperado esta segunda-feira na Cidade do Futebol, em Oeiras, para integrar o estágio da seleção nacional de preparação para o Mundial’2022. O primeiro treino está agendado para as 17 horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.