Rádio Nova 102.5 FM

Rádio Online

Sagrada tenta alcançar hoje liderança provisória

O Sagrada Esperança pode juntar-se, esta quarta-feira (24), ao Petro de Luanda, no topo da tabela classificativa do Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão, quando receber o Progresso Sambizanga, às 15h00, no Dundo, em jogo de encerramento da sexta jornada.

Os diamantíferos, actualmente na quarta posição, com 14 pontos, e a atravessarem uma boa fase no campeonato, defrontam um conjunto sambila a precisar de pontos, como se do “pão para a boca” se tratasse, para com isso na luta pela fuga da penúltima posição, zona de despromoção.

Apesar de os prognósticos para este jogo apontarem para um favoritismo dos campeões nacionais em título, sobretudo por jogarem em casa e diante dos seus adeptos, não está descurada a possibilidade de a equipa do Sambizanga protagonizar alguma surpresa, a julgar pelos resultados conseguidos nas duas últimas jornadas.

Mas, é bom que se diga, Sagrada Esperança e Progresso Sambizanga chegam a este duelo em desigualdade de circunstâncias e a perseguirem objectivos distintos: o primeiro ambiciona a conquista do terceiro título, enquanto o segundo cobiça os lugares do meio da tabela.

No histórico de confrontos entre ambos, no Girabola, inscrevem 38 jogos, com resultados equilibrados, embora nos últimos onze a balança tende a pender para um domínio do Sagrada, vitorioso em cinco jogos, contra três do Progresso e igual número de empates.

MAIS: 1º de Agosto rescinde contrato com o jogador Bryan Moya

O resultado mais expressivo conseguido pelos lundas, em casa, foi por 4-2, no campeonato de 2013. E mais: os diamantíferos venceram os dois jogos da época passada, em Luanda (por 1-0) e no Dundo (2-0), facto que ajuda a confirmar um ascendente dos campeões nacionais.

Perspectiva-se, por isso, um jogo que seja decidido nos detalhes ou que venha a depender muito do estado de inspiração das unidades fundamentais na manobra ofensiva e defensiva das equipas.

Se, por um lado, os diamantíferos, com Karanga, Victoriano e Chico, têm um meio campo extremamente ofensivo, por outro, reside igualmente no sector intermédio o “abono de família” dos sambilas, cuja referência obrigatória recai para os “mágicos e construtores” Kibeixa e Vanilson.

A sexta jornada, recorde-se, produziu já os seguintes resultados: Recreativo da Caála – 1º de Agosto (1-0), Cuando Cubango – Desportivo Lunda-Sul (0-0), Interclube – Kabuscorp (2-1), Petro de Luanda – Desportivo da Huíla (3-0), Sporting de Benguela – FC Bravos do Maquis (0-3), Académica do Lobito – Wiliete (0-2) e Sporting de Cabinda – Libolo (3-0), por falta de comparência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *