Rádio Nova 102.5 FM

Rádio Online

Al Nassr: Chegada de CR7 nada tem a ver com questões políticas

O Al Nassr esclareceu esta quarta-feira a polémica à volta da chegada de Cristiano Ronaldo.

Desde antes do anúncio da contratação do craque, diversos jornais  informaram que a chegada deste ao clube árabe seria para reforçar a candidatura da Arábia Saudita à edição de 2030 do Campeonato Mundial. A ideia era de que CR7 se tornasse o grande embaixador do país durante o evento. Algumas semanas após o seu anúncio, o Al Nassr revelou que CR7 não tem qualquer cláusula ou condição imposta no contrato para assumir a função de embaixador.

Segundo o que foi divulgado pela equipa árabe, a contratação de CR7 não tem qualquer cariz político e garantiu que o foco do português está em ajudar o clube neste e nos próximos anos.

“O Al Nassr FC gostaria de esclarecer que, ao contrário das notícias, o contrato de Cristiano Ronaldo com o Al Nassr não envolve compromissos com qualquer candidatura ao Campeonato Mundial. O seu foco principal é o Al Nassr e trabalhar com os seus companheiros para ajudar o clube a alcançar o sucesso”, escreveu o Al Nassr, na sua página oficial sobre Cristiano Ronaldo.

Apesar de ter sido anunciado e de estar fisicamente pronto para entrar em campo, questões burocráticas deixam ainda em dúvida a data da estreia de Cristiano Ronaldo no Al-Nassr, da Arábia Saudita. Isto porque a Liga permite apenas oito estrangeiros inscritos em cada plantel, e, como tal,  um destes vai ter que sair para que o português entre.

“O Al Nassr ainda não o inscreveu porque não há lugar para jogador estrangeiro. Um jogador estrangeiro deve sair para que Ronaldo seja inscrito, seja por transferência ou rescisão contratual por mútuo consentimento”, afirmou um dirigente do clube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.