Rádio Nova 102.5 FM

Rádio Online

UNITA esclarece acórdão do Tribunal Constitucional aos militantes Exif_JPEG_420

O Secretariado Provincial da UNITA no Cuanza Sul está a desenvolver uma campanha de esclarecimento aos militantes, sobre o acórdão 700/2021, do Tribunal Constitucional, que ditou o afastamento de Adalberto da Costa Júnior da liderança do partido, foi revelado aos jornalistas hoje.

À luz do referido acórdão, o TC votou pela anulação do XIII congresso da UNITA, num processo levantado por alguns militantes do partido, que alegaram irregularidades e pelo facto de Adalberto da Costa Júnior ter concorrido sem renunciar a nacionalidade portuguesa. Com efeito, o antigo presidente da UNITA, Isaías Samakuva, reassumiu o cargo.

Segundo o secretário provincial da UNITA no Cuanza Sul, Armando Kakepa, que falava em conferência de imprensa, nesta segunda-feira, esse processo teve início na última sexta-feira última, com acções de esclarecimento aos militantes nas comunas e aldeias, com o intuito de perceberem que o partido aceita e acata a decisão, por forma a estarem em sintonia.

MAIS: Tribunal Constitucional anula Congresso da UNITA e impõe regresso de Samakuva

Já informamos, através das nossas estruturas nos 12 municípios, 16 das 32 comunas e cinco comités sectoriais, e assim continuaremos até que todos militantes estejam informados”, rematou.

Fez saber que o esclarecimento no terreno permite a defesa da vida humana, a estabilidade política e a paz.

Sem indicar datas, o político anunciou para os próximos dias a realização de conferências comunais, municipais e provincial, para a eleição dos órgãos deliberativos do partido, membros da comissão política e delegados ao XIII congresso, a realizar-se em Luanda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.